De 2 viramos 4!


Há 2 anos decidimos que estava na hora de engravidarmos e suspendi o anticoncepcional. Na época estava voltando a morar no Rio de Janeiro, minha cidade, depois de 7 anos morando no Sul. Estava com 37 anos e sem pressa. Na verdade, nunca tive aquela grande vontade de ter filhos, mas meu marido queria muito. Já estávamos casados há 8 anos e aproveitamos bastante.

Passado mais de 1 ano comecei a estranhar a gravidez nunca chegar e já tinha feito os exames de rotina e estava tudo bem. Conversando com uma amiga, ela me disse que passou pela mesma situação e foi buscar um profissional especializado em reprodução humana. Peguei o contato e marquei uma consulta.

Gostei muito do médico pois ele não vai falando direto de inseminação. Ele busca primeiro virar você e seu marido do avesso para buscar possíveis irregularidades. Então com muito pedidos de exames, lá fomos nós! Confesso que demorei um pouco para fazer todos os exames. Sou muito medrosa e vivia adiando tudo, então demorou um pouco. Levei uns 5 meses para fazer todos. Vergonha, né?

Com todos os exames na mão, voltamos ao médico. No exame de sangue apareceu uma taxa alterada que causa infertilidade temporária e aí fui medicada. Mesmo os exames de imagem dando tudo ok, meu médico nesse momento achou por melhor fazer logo o temido exame histerossalpingografia, para descartar todas as possibilidades da gravidez não acontecida. Enquanto isso eu tomava o medicamento para regular a taxa alterada, que causava infertilidade temporária. Fiz o exame histerossalpingografia e na hora o médico deu o laudo, que estava tudo bem. Graças a Deus!

Viajamos em férias e eu tomando o medicamento ainda. Na volta, para minha surpresa, a menstruação não veio e após 5 dias de atraso fiz um teste de farmácia. Era um domingo e na segunda-feira fiz o exame de sangue: superconfirmado, grávida! Marquei a primeira consulta de pré-natal e meu médico viu no ultrassom o grãozinho lá. Tudo ok com o nosso bebê, estava com umas cinco semanas! Receitou umas vitaminas, novos exames de sangue e mais um ultrassom, para duas semanas depois.

Chegou o dia da ultra e meu esposo foi comigo. Estava doido para ver o nosso futuro bebê! Tudo ok e eu lá deitada esperando o médico começar. Meu esposo estava por perto, de pé na sala. O médico começou o exame e, sempre conversando com a gente, pergunta ao meu esposo se ele queria sentar. Achei que fosse uma gentileza, mas na hora meu esposo vira e fala: são dois? O médico ri e diz que sim, que são gêmeos. Na hora eu paro e pergunto se ele estava brincando, pois na ultra anterior era um só. O médico perguntou se eu tinha feito fertilização e falei que não, que foi natural. E ele confirma a gravidez gemelar!

Dois? Um dia era uma bebê e duas semanas aparecem dois? Como assim? Fiquei em choque por umas duas semanas, só pensando na logística, nos gastos, em como ser mãe de primeira viagem e dar conta de dois... Era muita informação para mim! Eu que já havia planejado o quarto do bebê, os móveis lindos que compraria, carrinho etc, me vi irritada em trocar os planos.

Todos em minha volta ficaram radiantes, meu esposo então achou o máximo. Levei um tempinho para entrar no clima! Risos

Então... um dia éramos dois e agora seremos quatro!

3 Respostas

Vivian Flora escreveu:

Há 2 anos decidimos que estava na hora de engravidarmos e suspendi o anticoncepcional. Na época estava voltando a morar no Rio de Janeiro, minha cidade, depois de 7 anos morando no Sul. Estava com 37 anos e sem pressa. Na verdade, nunca tive aquela grande vontade de ter filhos, mas meu marido queria muito. Já estávamos casados há 8 anos e aproveitamos bastante.

Passado mais de 1 ano comecei a estranhar a gravidez nunca chegar e já tinha feito os exames de rotina e estava tudo bem. Conversando com uma amiga, ela me disse que passou pela mesma situação e foi buscar um profissional especializado em reprodução humana. Peguei o contato e marquei uma consulta.

Gostei muito do médico pois ele não vai falando direto de inseminação. Ele busca primeiro virar você e seu marido do avesso para buscar possíveis irregularidades. Então com muito pedidos de exames, lá fomos nós! Confesso que demorei um pouco para fazer todos os exames. Sou muito medrosa e vivia adiando tudo, então demorou um pouco. Levei uns 5 meses para fazer todos. Vergonha, né?

Com todos os exames na mão, voltamos ao médico. No exame de sangue apareceu uma taxa alterada que causa infertilidade temporária e aí fui medicada. Mesmo os exames de imagem dando tudo ok, meu médico nesse momento achou por melhor fazer logo o temido exame histerossalpingografia, para descartar todas as possibilidades da gravidez não acontecida. Enquanto isso eu tomava o medicamento para regular a taxa alterada, que causava infertilidade temporária. Fiz o exame histerossalpingografia e na hora o médico deu o laudo, que estava tudo bem. Graças a Deus!

Viajamos em férias e eu tomando o medicamento ainda. Na volta, para minha surpresa, a menstruação não veio e após 5 dias de atraso fiz um teste de farmácia. Era um domingo e na segunda-feira fiz o exame de sangue: superconfirmado, grávida! Marquei a primeira consulta de pré-natal e meu médico viu no ultrassom o grãozinho lá. Tudo ok com o nosso bebê, estava com umas cinco semanas! Receitou umas vitaminas, novos exames de sangue e mais um ultrassom, para duas semanas depois.

Chegou o dia da ultra e meu esposo foi comigo. Estava doido para ver o nosso futuro bebê! Tudo ok e eu lá deitada esperando o médico começar. Meu esposo estava por perto, de pé na sala. O médico começou o exame e, sempre conversando com a gente, pergunta ao meu esposo se ele queria sentar. Achei que fosse uma gentileza, mas na hora meu esposo vira e fala: são dois? O médico ri e diz que sim, que são gêmeos. Na hora eu paro e pergunto se ele estava brincando, pois na ultra anterior era um só. O médico perguntou se eu tinha feito fertilização e falei que não, que foi natural. E ele confirma a gravidez gemelar!

Dois? Um dia era uma bebê e duas semanas aparecem dois? Como assim? Fiquei em choque por umas duas semanas, só pensando na logística, nos gastos, em como ser mãe de primeira viagem e dar conta de dois... Era muita informação para mim! Eu que já havia planejado o quarto do bebê, os móveis lindos que compraria, carrinho etc, me vi irritada em trocar os planos.

Todos em minha volta ficaram radiantes, meu esposo então achou o máximo. Levei um tempinho para entrar no clima! Risos

Então... um dia éramos dois e agora seremos quatro!

Que liiindo! Parabéns pra família!!!
[/quote] Que liiindo! Parabéns pra família!!![/quote]

Obrigada, Manuella!
reputation.tooltip.user_level
Lindo, lindo, lindo!

Parabéns pela gestação, Vivian!

E obrigada por compartilhar sua linda história com a gente!

Beijinhos

Comentar

    • :D
    • :?
    • :cool:
    • :S
    • :(
    • :@
    • :$
    • :8
    • :)
    • :P
    • ;)