A magia dos 3 anos: Aprendendo com meu filho


reputation.tooltip.user_level
Selo +1
Como eu já havia dito, Théo é muito desenvolvido e muito inteligente. Sempre foi e é muito carinhoso, mas começou a fase das birras. Isso é normal, sabemos disso, mas ele sempre mostrou ter uma personalidade forte, então desde que essa fase começou já comecei a colocar limites. Ele fez 3 anos e já está na creche, e ele é sempre muito elogiado pelas professoras e pela pedagoga, mas eu sempre perguntei: Tias, como vocês conseguem fazer ele ficar sentado quieto fazendo as atividades ou prestando atenção nas historinhas? Rs. Juro pra vocês, em casa ele é totalmente diferente, não sossega um minuto, só quer fazer o que não pode, quer escalar as coisas e por ai vai... Mas isso me fez aprender o quanto ele é observador, ele age com cada pessoa de acordo como a pessoa é. Ele não precisa que você fique ensinando uma coisa pra ele várias e várias vezes, claro que ele tem dificuldade em algumas áreas (com a fala), mas ele precisa só precisa ver você fazendo uma única vez, e não esquece. Teve uma vez que ele viu uns amigos maiores jogando sinuca, ele na mesma hora pegou o taco e começou a fazer igual, a mesma coisa com o ping pong. Uma das coisas que ele mais me ensina é a não revidar, pois é, ele é o tipo de criança que não bate e não morde, na verdade já até aconteceu, mas foi uma única vez. E toda vez que ele é mordido, arranhado ou apanha, coisa que é normal de criança, ele simplesmente não revida. Outra coisa que eu sempre aprendo com ele também é que não preciso de muito pra ser feliz. Tudo pra ele é felicidade, ele acorda feliz e vai dormir feliz, não precisa de muitos brinquedos e de passeios caros, você só precisa levar ele pra andar na rua que ele já é a felicidade em pessoa! As vezes nós subestimamos nossos filhos pequenos, por acharem que eles são crianças e não entendem as coisas. Mas é ai que a gente se engana, eles percebem e sabem tudo o que acontece a sua volta, e é ai que entra a lição mais importante que ele já me ensinou: A não subestima-lo, porque todo dia ele me surpreende de uma maneira diferente e eu acredito que ele vai muito além do que imagino.

2 Respostas

reputation.tooltip.user_level
Selo +1
Thais, esses pequenos sempre nós surpreende positivamente, é uma energia, alegria contagiante, tenho três, o caçula esta com 2 anos, é uma fase desafiadora mas também é enriquecedor e parece que aprendem na velocidade da luz, rs.
reputation.tooltip.user_level
Selo +2
lumarinho escreveu:

Thais, esses pequenos sempre nós surpreende positivamente, é uma energia, alegria contagiante, tenho três, o caçula esta com 2 anos, é uma fase desafiadora mas também é enriquecedor e parece que aprendem na velocidade da luz, rs.



Que delícia acompanhar o desenvolvimento deles, não é mesmo?

Eu tenho só um que completa 3 anos no natal. Fico de boca aberta com o desenvolvimento dele, é muito lindo.

Thais, o Théo é lindo, parabéns!

Beijinhos :$

Comentar

    • :D
    • :?
    • :cool:
    • :S
    • :(
    • :@
    • :$
    • :8
    • :)
    • :P
    • ;)