Vale ou não valer ter rotina?


A chegada de um bebê transforma a vida de qualquer um, em especial aos papais de primeira viagem. Ao sair da barriga da mãe ele encontra um mundo totalmente diferente do que ele viveu durante seus 9 meses e até se adptar a nova rotina, entre a noite e o dia, existe um grande passo a ser dado.

É uma fase passageira, mas que requer muita calma e paciência. Serão noites mal dormidas, inúmeras fraldas trocadas e muito choro a ser ouvido, mas algo importante a se fazer é a criação de uma rotina. Não existe uma fórmula mágica, mas pode ajudar, e tudo vai depender do modo como a casa funciona e o estilo da mãe juntamente com o pai.

Seguir os mesmos horários, todos os dias, pode ajudar em muito no funcionamento da vida do bebê e da mãe também. O principal é estabelecer horários desde cedo, ainda nos primeiros dias de vida do bebê, seja para alimentação, sonecas e brincadeiras, fazendo com que a criança regule seu relógio biológico e ajudando em um desenvolvimento mais saudável.

Se tratando das mamadas, quando o bebê ainda tem como fonte principal apenas o leite materno, parte da mãe determinar os horários:  de 4 em 4 horas ou a livre demanda. A maioria dos profissionais de saúde hoje recomendam a livre demanda, fazendo com que o próprio bebê determine que hora mamar. No meu caso, por ter disponibilidade de tempo, optei pela livre demanda e não me arrependo, mas acredito que para as mamães que voltam a trabalhar mais cedo seja complicado, tendo assim que estabelecer ela mesmo o horário que seu filho irá se alimentar.

Tudo é uma questão de adaptação e costume. A criação de rotina é importante para ajudar a o entendimento de tempo da criança, que passa a entender quando é dia e noite, quando é a hora de brincar, quando é a hora do cochilo e da soneca. Muitas das vezes, o bebê passa até a dormir mais cedo e a noite toda. Ex.: escolha um horário para dar banho. Esse banho pode ser sempre antes do soninho dele. Com o tempo, o bebê assimilará que logo após aquele banho gostoso e relaxante, será a hora de dormir.

A rotina vai mudando de acordo com o crescimento do bebê, mas nada de radicalismo! Horários extremamente rigorosos, ao invés de ajudar podem muitas vezes atrapalhar, por isso seja maleável para que você mamãe também não fique "presa" a horários.

2 Respostas

reputation.tooltip.user_level
Selo +3
Olá Raquel!

Seja bem vinda à nossa comunidade!

Que texto bacana, concordo com você, a rotina é muito importante para o desenvolvimento do bebê. E cada mãe com o passar dos dias, vai ajustando e adaptando a rotina, pois sabe o que é melhor para o seu bebê.

Volte sempre para compartilhar suas experiências.

Abraços e até breve :)
A rotina ajuda muito. É essencial. Aqui foi fundamental, pois aprendi a observar, conhecer e respeitar o meu filho. Passei por louca... mas valeu a pena. Com o passar do tempo a rotina vai mudando... a criança pode antecipar o que vai fazer, constrói noções de tempo e o que mais gosto, da cumplicidade de coisas que podemos fazer juntos e das coisas que ele já faz com autonomia.

Comentar

    • :D
    • :?
    • :cool:
    • :S
    • :(
    • :@
    • :$
    • :8
    • :)
    • :P
    • ;)