Retomando os estudos após ser mãe


Sou mãe de 2 meninos, tenho 30 anos e só estudei até o ensino médio. Sempre quis ser Enfermeira, não tive oportunidade antes, aí depois vieram os filhos e financeiramente também era difícil.

Parecia um sonho distante, até que ano passado, Deus enviou um ano pra dar um empurrão e esse sonho começar ser lapidado. Eu estava mal, tinha crises de pânico e ansiedade e isso me levantou, me tirou do fundo do poço e me fez ter esperanças que as coisas iam melhorar.

Me matriculei no mesmo ano para o curso técnico de enfermagem, comecei no dia 23/1/17 e fiquei muito animada, apesar de ser uma das poucas da minha idade na sala me senti realizada. Eu nem pensava como ia ser com 2 filhos pequenos (Davi de 5 anos e Leonardo 2, recém diagnosticado TEA), marido, casa pra cuidar e agora estudar.

Fazia anos que não estudava, meu medo era não dar conta e não conseguir tirar notas. Mas como sou teimosa, bati no peito e enfrentei. Meu dia é uma loucura, acordo cedo para dar conta do recado. Começo levando Leo na APAE e termino quando volto da escola. Meu marido chega 18h e ai ele que cuida dos meninos, tem dias que estou tão exausta, mal consigo prestar atenção nas aulas, quantas vezes cheguei cansada e fiquei estudando para as provas.

Minha vontade sempre foi maior que o desânimo, caso contrário já tinha desistido. Muitas vezes eu filmei as aulas e depois enquanto fazia algum serviço de casa ou amamentava Leo, eu escutava. É uma loucura, tantos afazeres diários, correria total. Já teve dias que chorei pensando que não ia conseguir, mas meu sonho me move, minha vontade de crescer me motiva.

Não é fácil e eu nem esperava que fosse. Minhas notas sempre estão entre 8 e 9 para minha alegria, já que minha meta sempre foi 8 (pra mim equivale a um 10). Meu sonho é ser enfermeira obstétrica e no futuro pretendo fazer faculdade. A idade nunca foi um problema, nem os filhos. Nós que colocamos na nossa cabeça as dificuldades antes mesmo de tentarmos. É possível sim voltar estudar com filhos pequenos, você tendo apoio e um suporte, dedicação e força de vontade, você consegue ir longe.

Estou no meu primeiro estágio e amando cada minuto, sinto que estou no caminho certo e todo medo e obstáculo que vier pela frente eu vou enfrentar. É uma loucura, cansativo mas a recompensa no final será maravilhosa, disso eu tenho certeza. Só tenho a agradecer a Deus ao anjo que ele colocou na minha vida, ao meu marido por todo apoio, familiares e amigas pelos incentivos.

Me formo no final de 2018. Uma coisa aprendi: ninguém consegue NADA sozinho!

0 Respostas

Seja o primeiro a responder!

Comentar

    • :D
    • :?
    • :cool:
    • :S
    • :(
    • :@
    • :$
    • :8
    • :)
    • :P
    • ;)